Developer Experience
4
min de leitura
14 de janeiro de 2021

Como Developer Experience pode ajudar a suportar suas APIs

Luciana Bandeira
Developer Experience
Ajudo desenvolvedores no onboarding e nas melhores práticas de APIs para garantir a melhor Developer Experience. No meu tempo livre me dedico a livros, pesquisar (e degustar) sobremesas e sou apaixonada por viajar.
Mais sobre o autor

Há um tempo atrás publicamos um artigo sobre a importância do time de Developer Experience no negócio das APIs e com o passar deste tempo, temos visto o crescimento e a valorização deste time especializado nos atendimentos dentro das equipes de desenvolvimento.

Abaixo podemos citar alguns dos principais pontos que temos de ações e que tem trazido benefícios e mantido o alinhamento no uso de APIs (sejam elas abertas ou não) entre empresa e desenvolvedor.

Porquê ter o Developer Experience:

1. Aumento do suporte aos desenvolvedores no onboarding e na utilização das APIs;

2. Monitoramento da saúde das APIs e backend. Acompanhando a utilização das APIs é possível identificar de forma mais rápida possíveis quedas e intermitências e assim comunicar aos times responsáveis junto com evidências para apoiar a regularização e estabilização o quanto antes.

3. Alinhamentos constantes e sempre que necessário com os parceiros. Se durante o desenvolvimento, ou até mesmo já estando em produção, o desenvolvedor possuir alguma dúvida, o mesmo terá um canal aberto com o time de DX para contato e sanar todas as questões;

4. Tirar o gargalo do time de consultoria e técnico interno de dentro do cliente, para que este time fique de fato focado em evolução do produto enquanto um time especializado de APIs (e também com conhecimento do seu negócio) apoiará os desenvolvedores com suas dúvidas, problemas e atualizações de documentações que sejam pertinentes;

5. Criação de relatórios personalizados, ou seja, o cliente também passa a ter uma visão clara e explicativa do que está ocorrendo em suas APIs;

6. Evolução do Portal de Desenvolvedores, considerando técnica (junto ao nosso time especializado de UX) quanto de documentações de processos, guias e boas práticas aos devs que consomem as APIs;

7. Identificação de possíveis melhorias, como por exemplo identificar ajustes e padronizações de HTTPStatus, leitura e processamento do backend (ou seja, retornar mensagem explicativa e clara, estar estável...), ações que facilitariam o uso de determinada operação ao desenvolvedor;

8. Eficiência na comunicação no Portal Dev, onde caso haja alguma manutenção programada, por exemplo (que possa deixar a API indisponível por um momento) deixar um comunicado fará com que este aviso fique publicado e de fácil acesso.

9. Apoiar times internos do cliente com dúvidas, alinhamentos, extração de métricas. Mantendo assim também um apoio interno e uma comunicação contínua e clara.

10. Auxílio na escalabilidade em em períodos sazonais (como dia das mães, dia das crianças, Black Friday, Cyber Monday) onde aumenta a procura por integração com APIs, entrada de novos parceiros/desenvolvedores e consequentemente, aumento no tráfego e uso

11. Acompanhar e ter ações pró-ativas para manter o uso das APIs e o backend saudável, junto com ações direto com os desenvolvedores e reports ao cliente sobre BE. Com isso, é possível evitar um cenário de erro e uma sobrecarga desnecessária;


Considerando as razões acima, é evidente a importância e a necessidade de um Developer Experience equipe para otimizar as rotinas de desenvolvimento como um todo, apoiando não apenas a equipe interna, mas também os clientes e parceiros.

As equipes técnicas têm muitas exigências para administrar, com informações para organizar e mesmo com comunicação interna e externa dos processos, e a implementação de uma equipe responsável pelas APIs é uma solução para estes e muitos outros desafios na área de produtos.


Obrigado pela leitura!