APIs
7
min de leitura
16 de dezembro de 2018

Exemplos de API: Aprenda sobre os tipos e os que você usa todos os dias

Ricardo Ferrari Peloi
Sou um profissional de alto desempenho, focado em criar valor para as empresas para as quais trabalho e para meus projetos de desenvolvimento pessoal.
Mais sobre o autor

Exemplos de APIs que estão em toda parte

Examplos de APIs, confira algumas que você usa todo dia e não sabe ;)

Desde o início do ano, temos recebido um número crescente de clientes e histórias Integrações de Software com empresas parceiras ocorrendo de forma complicada.

Cada integração acaba demorando tempo demais para ser concluído e começar a funcionar, e exigindo conhecimento de várias pessoas das equipes de TI.

Vemos isso principalmente em empresas que precisam de formas de comunicação e trocas de protocolos de maneira eficiente. Os melhores exemplos são marketplaces e SaaS.

É claro que não é possível fazer isso de forma eficiente sem o uso de APIs.

Por exemplo, pense em um SaaS como o Salesforce.

Agora, acesse a galeria de aplicativos integrados da Salesforce (através da API) e observe que existem quase 3.000 aplicativos diferentes e mais de 3 milhões de instalações! Incrível, não é mesmo?

Seria possível realizar todas essas integrações a tempo? Obviamente que não.

Através da API, é possível transformar um negócio em uma verdadeira Plataforma Digital, baseada em negócios digitais modernos e dinâmicos (se você ainda não o viu, confira o Webinar em que falamos sobre o assunto).

Se você ainda não ouviu falar, o uso das APIs para a expansão do alcance de um produto ou serviço já é uma realidade.

Isto é o que está sendo chamado de API Economy.

Mas esta nova economia não está longe de você. Pelo contrário, ao ler este texto, seu computador ou telefone celular está se comunicando com várias APIs, sejam locais ou na web.

Tudo sem que você perceba.

Será mesmo? Vejamos alguns exemplos de APIs que você usa todos os dias e não sabe.

Onde você já os utiliza? Confira abaixo os exemplos de APIs

Redes sociais (Facebook, Twitter, Google+, LinkedIn, Instagram, Pinterest)

Esta é a aplicação mais popular, e a mais fácil de exemplificar!

Com certeza, você já entrou em um site que tinha botões de compartilhamento ou "Entre com sua conta no Facebook/G+/Twitter/etc".

É muito comum encontrar os ícones das redes sociais em algum lugar nos mais diversos sites.

Isto se tornou não apenas uma aplicação extremamente vantajosa para redes sociais, mas para empresas de todos os tipos, gerando engajamento entre a empresa e o público.

Por exemplo, você pode ajudar muito a Sensedia ao gostar e compartilhar este post;)

Links:

Pagamentos online (PayPal, Cielo, PagSeguro, Moip)

As APIs permitem a execução de pagamentos e transferências sem sair do site da loja, ou do provedor de serviços.

Desta forma, utilizando as APIs da carteira digital, o comprador não precisa colocar os dados do cartão de crédito no site da loja, mas apenas seu usuário PayPal e senha, autorizando a compra.

As informações já estão armazenadas junto ao provedor de pagamento. Muito mais conveniente!

Oferecer soluções de pagamento confiáveis dentro da loja combate a resistência do cliente, que muitas vezes tem medo de ter sua segurança de dados comprometida e despesas indevidamente geradas em seu nome por cartões clonados, por exemplo.

O resultado? Melhores taxas de conversão e clientes mais seguros e satisfeitos!

Links:

Localização (Google Maps, Foursquare)

Através da integração de APIs, você pode criar suas próprias aplicações com base na localização de sua empresa ou que reagem à posição de seu usuário!

Eles também permitem visualizar dados topográficos e geográficos e ajudam a determinar as previsões meteorológicas.

Uma das minhas idéias favoritas é Zumbis, Run!, um aplicativo que se conecta ao GPS do celular (através de um sistema API) para traçar sua rota de corrida no Maps, ligando o exercício físico a um jogo de sobrevivência (e fuga) em um apocalipse zumbi.

Muito criativo!

Também é comum que serviços como o Google Maps se conectem a outras APIs, como as de empresas de transporte urbano, para determinar rotas de horários.

Uma API, que consulta outro e outra API!

Curiosidade: você sabia que a API do Google Maps começou a ser usada com engenharia reversa? Logo após o lançamento do serviço, alguns desenvolvedores tiveram várias idéias de aplicações e exploraram o código para colocar suas idéias em prática.

Apenas algum tempo depois, o Google oficializou e abriu a API do Mapas, acrescentando diversas funcionalidades.

Links:

Plataformas de E-commerce (Extra.com.br/Cnova, Mercado livre, Amazon)

Como já comentei na Introdução, os Marketplaces são um dos grandes beneficiários do poder dos APIs.

Há alguns anos, a Amazon era só uma livraria online. Hoje, você pode contratar poder de processamento dos servidores da Amazon, através do AWS, em somente algumas linhas de código!

Uma das coisas que impactou fortemente nessa crescente tecnológica da Amazon foi a decisão de expor todas as trocas de informações internas da empresa através de APIs. Cada equipe teria que cuidar de sua API e disponibilizá-la para todas as outras.

Algumas destas APIs são as mesmas que os desenvolvedores externos utilizam! E esta decisão foi comunicada à empresa em um e-mail enviado pelo CEO, Jeff Bezos. E quem decidisse não seguir a "recomendação" seria demitido! Hoje, esta empresa fatura bilhões de dólares por ano. Bilhões, com B. E era só uma lojinha de livros!

Em geral, através da publicação da API, o site do varejista pode se integrar à plataforma base, seja ela Amazon, Extra ou Mercado Livre.

As lojas podem assim unificar os dois sistemas de gestão, o que facilita processos como a constante atualização de preços de forma segura, pois não há necessidade de disponibilizar o banco de dados a terceiros.

Outra vantagem é a atualização dos inventários em tempo real entre diferentes lojas, o que evita tanto o desperdício quanto as vendas inadequadas.

Talvez a maior mudança, no entanto, é que as grandes plataformas são capazes de oferecer uma seleção cada vez maior de produtos, com pequenos varejistas integrados, tudo isso sem mudar a experiência de compra do cliente! Os clientes são os que ganham =D

Links:

Sites de comparação de preços (Buscapé, Zoom, Indix)

Sei que você e muitos outros já se perguntaram como o Buscapé sempre sabe os sites com os menores preços.

Não, não é um estagiário indo de website em website e atualizando o sistema com os melhores preços! É bom que a tecnologia tenha passado muito além disso.

Portanto, o famoso "bater nas lojas" em busca de um produto com a melhor oferta está terminado.

Nem mesmo na internet é necessário sair de loja em loja para encontrar o melhor preço. Ao fornecer seus catálogos, através da API, o serviço de comparação de preços é capaz de encontrar o produto desejado em várias lojas e compará-lo automaticamente.

Links:

Comunicação e serviços integrados

Aqui temos algumas outras ofertas de integração bem diversificadas, que seriam muito mais complexas de implementar sem APIs.

Este é o caso das empresas SaaS ou PaaS, que oferecem soluções completas, que muitas vezes são totalmente constituídas de APIs.

Alguns processos hoje são tão perfeitamente integrados por APIs que esquecemos que eles são compostos de sistemas completamente diferentes.

Você recebeu uma mensagem de texto para confirmar um registro? Isso foi enviado através da API do SMS gateway.

Salvando um anexo de e-mail no Dropbox ou no Google Drive? API!

Acessando Netflix através de seu aplicativo de TV inteligente? Bem, você já sabe a resposta ;)

Há inúmeros exemplos de APIs!

Comentário de Victor, um visitante:

"Belo artigo! Você poderia incluir na lista de exemplos as bolsas de valores que permitem a consulta dos valores e volumes negociados via API's"?

A Nova Era das APIs

Como já vimos, já estamos vivendo o novo API Economy e precisamos nos adaptar aos tempos.

Empresas sem uma estratégia nesta área correm o risco de serem deixadas para trás!

Para o usuário final, as APIs podem passar despercebidas - mas não para seu negócio. Se você quiser saber como o Sensedia API Management Platform tem ajudado grandes empresas a crescer mais, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco.

Então, o que você achou? Você conhece mais algum exemplo de APIs? Deixe um comentário para que possamos adicioná-lo aqui.

Publicado originalmente em agosto de 2014.

Obrigado pela leitura!